Eleições autárquicas 2017

This site uses cookies. By continuing to browse this site, you are agreeing to our Cookie Policy.

  • Merci wrote:

    Espanha desmonta-se a seguir é Portugal ?!

    @ZmeryDwagon como verias um Portugal desmontado divido em 3 ou 4 paises? ?(
    Não creio que isso venha a acontecer. Temos uma cultura mais unida. Uma língua em comum entre todos (se excluires o mirandês). Um sentido de patriotismo maior. Espanha não tem nada disso. A alguém tornar-se independente, seriam as Regiões Autónomas ou, nos limites dos limites, o Algarve. Mas como disse, não creio que isso venha a acontecer. A nossa situação política é bem diferente da de Espanha.
  • Vou ser claro e sucinto sobre o que achei destas eleições: 0!

    Pura e simplesmente nem perdi o meu tempo e vida pessoal para assistir a campanhas (quer na tv ou rua) ou ir prestar o meu acto de cidadania pois não me revia em nenhum dos candidatos e em nenhum dos partidos pois não defendem os reais interesses da população mas sim das maquinas partidárias e das agendas.

    Só exerço a minha opção nas legislativas e presidenciais pois ai sim, interfere e bem na minha vida e na de todos os portugueses.

    Enquanto o sistema político não levar 1 limpeza séria da corrupção e trafico de interesses e influencias não lhes vou dar + do meu € a ir votar pois não sei se sabem mas basta votar quer seja branco ou não que todos os partidos elegíveis ganham uma % do bolo final.
    Só os votos nulos e a abstenção é que não recebem nada :)
    Capella e Betelgeuse/ Ex-u7, Kassiopeia, Pegasus

    A ripar no o-game desde 2005 :D

    "Winter is Coming"
    "sh*t happen's deal with that"
  • furaminas wrote:

    Vou ser claro e sucinto sobre o que achei destas alianças: 0!

    Pura e simplesmente nem perdi o meu tempo e vida pessoal para assistir a campanhas (quer na tv ou rua) ou ir prestar o meu acto de cidadania pois não me revia em nenhum dos candidatos e em nenhum dos partidos.

    Só exerço a minha opção nas legislativas e presidenciais pois ai sim, interfere e bem na minha vida e na de todos os portugueses.

    Enquanto o sistema político não levar 1 limpeza séria da corrupção e trafico de interesses e influencias não lhes vou dar + do meu € a ir votar pois não sei se sabem mas basta votar quer seja branco ou não que todos os partidos elegíveis ganham uma % do bolo final.
    Só os votos nulos e a abstenção é que recebem nada :)
    Mesmo que te sintas assim deves sempre ir votar, mesmo que seja em branco, pois se como dizes não te identificas com nenhum candidato, ao não ir votar estás precisamente a dar mais poder a quem ganha, pois num exemplo de 10 votos no total para ser mais simples, se o partido vencedor tiver 8 votos e tu não fores votar, fica com 8 em 9 votos ou seja 88.8%, enquanto que se fores e votares em branco, apenas fica com 8 em 10 votos ou seja 80%.

    Só por teres ido votar em branco neste exemplo já ajudaste a dar menos poder a quem ganha :)

    A abstenção é dos piores inimigos da democracia.

    |Super Moderator OGame & Comunidade|Contacto: MP|nk320@ogame.com.pt|
    |Game Operator OGame.pt - Hyperion|
    |Game Operator OGame.org|
  • @nk320

    o significado de democracia é = oportunidades e de direitos para todos mas não é isso que acontece bem pelo contrário!!
    Quem foi que colocou este país com a ajuda externa +1 x?? não foram as pessoas que trabalham arduamente as x horas excessivas para receber uns trocos. a isto chamo de "escravatura " tempos modernos.
    Sabes o que penso??
    a valente chapada que a população poderia fazer a esta corja e escumalha de nome políticos (que o são pois não tem capacidade para serem algo melhor na vida) era toda mas TODA a gente não ir votar ficando assim só os amigos e familiares dos candidatos e dos partidos. (1 utopia mas sabe bem divagar 1 pouco)
    Ai sim eles davam valor as pessoas e não se lembravam delas só quando se aproximam as eleições :P
    Capella e Betelgeuse/ Ex-u7, Kassiopeia, Pegasus

    A ripar no o-game desde 2005 :D

    "Winter is Coming"
    "sh*t happen's deal with that"
  • @furaminas não estou a discordar contigo que na politica e principalmente nas camaras há bastante corrupção, favores pessoais, municípios completamente endividados por obras que apenas são feitas para mostrar serviço em ano de eleições(que para muita gente é o suficiente para votar em tal candidato que gastou uma fortuna para algo completamente desnecessário) :P

    Apenas discordo que a abstenção seja o caminho a seguir, acho que o voto é das maiores armas que temos, e como já disse a @piratinha_ e concordo plenamente, se não votamos para fazer a diferença, acho que temos de nos privar do direito de podermos reclamar.

    |Super Moderator OGame & Comunidade|Contacto: MP|nk320@ogame.com.pt|
    |Game Operator OGame.pt - Hyperion|
    |Game Operator OGame.org|
  • A questão da abstenção e de ir votar para contrariar os maus da politica mostrando o poder popular.. bate no charco, quando a opção contra os maus, é mau.

    Muita gente não vai votar, simplesmente porque o sentimento é : "mais do mesmo"

    No entanto nestas eleições não existe motivo para alta abstenção, é mesmo desinteresse, porque trata-se da localidade de cada um, por isso o pessoal devia sim ser mais interessado.

    Deixo o exemplo da Camara de Santa Cruz da Graciosa, mais de metade da ilha fala mal do presidente, houve eleições a opção do outro partido é o filho de um ex presidente da camara, dos maus, escolherem o mesmo menos mau, foi reeleito :D
    (ツ)_/


    MUUU TA TI TA PA TA TI

    The post was edited 2 times, last by Merci ().

  • @nk320

    Se não quisermos ser tão radicais então poderíamos fazer doutra forma: seguíamos o exemplo espanhol das legislativas em que não houve maioria nem absoluta nem relativa durante + de 1 ano e isso obrigou a haver entendimentos e consensos entre os diversos partidos e politicas em comum para bem da sociedade.
    Capella e Betelgeuse/ Ex-u7, Kassiopeia, Pegasus

    A ripar no o-game desde 2005 :D

    "Winter is Coming"
    "sh*t happen's deal with that"
  • Acredito que todos temos o direito a fazer o que achamos correcto. SE para uns votar é um acto quase obrigatório, para outros não o é.
    Mas o @nk320 tem um ponto importante: quem não vota perde o "direito" de reclamar sobre quem ganhou ou deixou de ganhar. Se querem opinar nesse sentido, ao menos que tenham o trabalho de ir sair de casa para tentar mudar a situação.
    Ora bem, usando um caso concreto: desde o 25 de Abril de 1974 só por 4 mandatos (16 em mais de 40 anos) é que a Câmara não foi PSD. E não foi seguido. Durante os últimos mandatos do PSD houve um desvio enorme de fundos, investimentos milionários sem recursos para os pagar, obra que não tinha financiamento. E quem pagou a factura? Cada um dos habitantes com os impostos e tudo mais. Saneamento? Substituir as condutas e coberturas nas escolas cheias de amianto? Claro que não. Vamos investir umas dezenas de milhar numa fonte que nunca foi ligada :rolleyes:
    E quem meteu lá o pessoal? Quem votou e quem não votou também. As pessoas reclamavam mas quando chegava a altura de poder mudar ficavam em casa. Até que em 2013 houve mais votos. E o poder mudou de lado. Se o PS é perfeito? Longe disso! Também há obra que não é feita e obra mal feita, também há decisões sem sentido e coisas para "inglês ver". Mas pelo menos têm andado a pagar as contas e a organizar as finanças e a baixar os imposto municipais.

    Há muita corrupção na política. Sim. É verdade! E ainda mais tachos, sem dúvida. Mas somos NÓS, votantes, que detemos o poder. Se formos unidos conseguimos fazer a diferença. Ainda há algumas décadas atrás as mulheres nem votar podiam! E agora, na maior parte dos países, temos direitos como qualquer homem.
    Até em países árabes as mulheres já começam a poder conduzir! E tudo porque há alguém que luta por um "ideal", normalmente em que a maioria não acredita. Mas se nos fizermos ouvir vamos perceber que há mais pessoas que pensam como nós e que apoiam as nossas ideias. E é assim que se criam os movimentos.

    E trazendo o exemplo para a política novamente, vejam os resultados dos independentes! Há uns anos ser independente era o mesmo que sair derrotado, a menos que os independentes tivessem o apoio de uma força política. Actualmente já não é bem assim, e temos muitos e bons exemplos disso. Ás vezes só precisamos de encontrar a nossa voz e fazer-nos ouvir :)

    (desculpem o testamento mas este é um tema muito próximo do meu coração)

    CdS: More than a place, a way of life!
    Dupla personalidade do Homem do Talho
    Máfia - Os Chouriços
  • Merci wrote:

    No entanto nestas eleições não existe motivo para alta abstenção, é mesmo desinteresse, porque trata-se da localidade de cada um, por isso o pessoal devia sim ser mais interessado.
    :crazy:
    Eu vi os Donos de Portugal, um filme que passou na RTP, a denunciar a promiscuidade entre políticos e grupos económicos. A denunciar as trafulhices do BES, em 2011! O BES cai em 2014, também ele numa demolição controlada!

    Democracia representativa é uma espécie de democracia. Um passo para a democracia.... No entanto, nada disso interessa! Quem dá guita é quem manda! :hail:

    Não vamos a tempo de mudar os actores políticos e o regime partidário de interesses instalados. O SNS vai cair... depois logo falamos todos!

    apagar pf :/

    [INFORMAÇÃO] Posts fundidos - ZmeryDwagon

    The post was edited 2 times, last by ZmeryDwagon ().

  • SCORPY910 wrote:

    Democracia representativa é uma espécie de democracia. Um passo para a democracia.... No entanto, nada disso interessa! Quem dá guita é quem manda!

    A democracia representativa como é que combates? Não é com eleições de certeza de consulta popular.

    Se me disseres que os partidos são na sua generalidade corruptos, eu concordo.

    O problema é que a máquina partidária domina tudo, isso dos independentes são amendoins, não combate o verdadeiro cancro que existe.

    O cancro está inserido nos partidos de tal forma que o povo não tem voto na matéria, quando ves um congresso de um ps ou de um psd a escolher o lider do partido, eles sao escolhidos entre eles, em função das negociatas de bastidores que fazem, está é a real democracia do País real, depois o voto popular é para legitimar as escolhas deles, não as nossas.

    Numa eleição Passos Coelho vs António Costa eu não voto em nenhum deles, no entanto um deles vai para o poder, e na nossa democracia, que não é unica, nem o que mais foi votado ficou no poder, isso sim é :crazy:

    Falta dizer que o maior culpado do cancro da politica é o povo. Sim o Zé povinho aquele que vai votar num qualquer de depois leva aumento de impostos, e cortes nas carreiras e nos salarios. É porque não existe escolha melhor, vais votar se quiseres e qualquer que escolhas estás a escolher alguem que te vai por trás :crazy: :crazy: :crazy: :crazy:
    (ツ)_/


    MUUU TA TI TA PA TA TI

    The post was edited 1 time, last by Merci ().

  • É o denominado: "venha o diabo e escolha"

    @Peste_Negra
    Gostei do que disseste mas para haver a REAL mudança das coisas as pessoas tem que EFECTIVAMENTE mudar as atitudes pois criticam este e aquele e não hora votar vão apoia-los. ?(
    Enquanto a MENTALIDADE da população em GERAL não mudar, enquanto não forem capazes de PENSAR por si próprios, é como estar a remar contra a maré e não se vai a lado nenhum. :rolleyes:
    Capella e Betelgeuse/ Ex-u7, Kassiopeia, Pegasus

    A ripar no o-game desde 2005 :D

    "Winter is Coming"
    "sh*t happen's deal with that"
  • Pegando no exemplo Pedro Passos Coelho (PPC) vs António Costa (AC):

    Não gostamos nem do PPC nem do AC? Nice! Não precisamos de votar em nenhum deles. Temos outras pessoas em quem votar! E isto aplica-se a TODAS as eleições. "Ah e tal mas um deles ganha na mesma". Pois, porque continua a haver pouca adesão. Por exemplo em Lisboa, nesta eleição houve mais de 50% de abstenção, valor mais que suficiente para dar poder a uma das "minorias" menos corruptas. O problema é que o pessoal se não vota A vota B, e se não vota B vota A. O pessoal tem medo de arriscar ou nem sequer acredita na mudança.
    E mesmo que ganhe sempre um dos "grandes". Os votos são importantes porque podem pôr pessoas com outras visões na oposição. E o papel da oposição não é de desvalorizar. Por exemplo: aqui o executivo são 7 pessoas. Vão ser 4 de um partido e 3 de outro. Logo por muito que a oposição queira, não consegue fazer nada porque há uma maioria. O ano passado havia 3+2+1+1 logo era possível a oposição chumbar ou aprovar iniciativas que não partissem do partido que estava no poder. Claro que é importante haver governabilidade. Mas haver opiniões de oposição e haver a possibilidade de haver discussão sem se saber à partida que era um partido que controlava tudo... É também positivo. E isso é democracia. Um grupo de pessoas representantes das várias forças políticas a discutir o futuro do concelho.

    CdS: More than a place, a way of life!
    Dupla personalidade do Homem do Talho
    Máfia - Os Chouriços
  • O maior exemplo do problema é mesmo o resultado destas eleições, e menciono resultado, não dos que ganharam, mas sim da abstenção..

    Se nas eleições mais importantes para o zé povinho, que é a escolha do presidente da junta de freguesia e da sua camara municipal, as pessoas nao votam, está tudo dito pelo desinteresse total do povo. Depois culpa-se os politicos :crazy:

    Numa opinião geral acho que o 25 de Abril, nos livrou da ditadura e nos enfiou numa maquina partidária corrupta, que estamos politicamente presos.
    (ツ)_/


    MUUU TA TI TA PA TA TI
  • Vi esta frase (não é da minha autoria) mas reflecte exactamente o que defendo. Peço que pensem na implicação do que está escrito e reflictam :)

    "Portanto abstenham-se à vontade que ganha sempre o partido que tem mais militantes, mais boys, e amigos ricos que favorecem com os nossos impostos, e esses não deixam de votar. São votos garantidos."

    E pronto, é isto, senhores.

    CdS: More than a place, a way of life!
    Dupla personalidade do Homem do Talho
    Máfia - Os Chouriços
  • Peste mas essa frase emite o que estamos a falar.

    Imagina que a população vai 100% votar no Bloco de Esquerda para o poder.

    Para além do partido ficar atrapalhado por nao ter estrutura para ir para o poder, achas que ao criar essa estrutura nao vao surgir os boys e os tachos? Vao sempre, estamos em Tugaportugal

    felizmente o Brasil é pior que nós lavajacto nisso :crazy:
    (ツ)_/


    MUUU TA TI TA PA TA TI
  • Autarquicas:

    So não viu quem não quis o que se ia passar com o PSD, os candidatos que escolheu para o Porto e Lisboa não lembram a ninguém, e o zé povinho faz os seus votos com base nas 2 ultimas semanas de acontecimentos...

    Embora não goste do Paços, é de louvar personagem com tamanho azar, chega a 1º M num dos piores momentos da historia, consegue parar a queda e inicia as bases para a subida (não vou discutir se como o fez foi bem ou mal feito...) e quando finalmente ia começar a ganhar pontos com a sua politica eis que mesmo ganhando as eleições não consegue fazer governo e entra em cena o maior tangas deste pais (desculpem se ofendo alguém mas eu não tenho pinga de confiança no Costa) que vem, qual antítese do outro, sacar os louros de uma retoma sem precedentes e que vamos ser honestos ninguém faz a mínima ideia do que se esta a passar nem quanto tempo vai durar a bonança.

    Quanto ao PCP colheram o que semearam... não podíamos pensar que coligando-se com os 2 partidos da esquerda e suavizando a maior parte das suas politicas para manter o «bom» funcionamento da geringonça, que a parte menos radical do seu eleitorado não se ia diluir... criaram a noção que votar a esquerda podia ser desde o PC ao PS, e o eleitorado fez isso mesmo. O mesmo se passou pelo Bloco que para mim foi mais um derrotado claro embora não tão expressivo...

    Os únicos que «ganharam» nestas eleições foi mesmo o PS que se apresenta agora como uma Esquerda menos radical e menos centrista e o CDS que mantendo a sua identidade direita conseguiu atrair muitos centristas não contentes com a politica do PSD.

    Quanto ao futuro creio que o Paços não tem solução, seria mais inteligente em afastar-se durante uns 2 mandatos e concorrer no futuro para PR.

    Quanto a Catalunha, o que passou ali é uma vergonha anti democrática, mas por parte dos catalães. A constituição é para se cumprir e alterar pelos moldes legais, o que se pretendeu foi nada mais que um golpe de estado, e infelizmente vivemos no século XXI à 100 anos atras, faziam-se linhas e usavam-se esquadrões de fuzilamento, mas agora é mal visto, e da nisto...

    Quanto à UE em vez de vir dizer de forma dissimulada que nunca na vida a catalunha vai fazer parte dos 25 ( para quem não sabe, quando a UE diz que eles teriam que seguir os tramites legais de qualquer outro pais, estão a fazer menção ao facto de que a entrada de um pais na europa envolve um voto unanime de todos os países, e bem podemos acreditar que a Espanha nunca votaria sim) A UE devia ter sido dura como nunca soube ser, devia ter dito claramente que a catalunha seria um pais paria no meio da UE, com muros e vedação a toda a volta, que os seus cidadãos para entrarem no nosso espaço teriam que pedir vistos e passar na alfandega. O problema da catalunha é que nos hoje em dia confundimos liberdade com libertinagem e as coisas quando são feitas nestes moldes nunca levam a lado nenhum