Eleições autárquicas 2017

This site uses cookies. By continuing to browse this site, you are agreeing to our Cookie Policy.

  • Não faz muito sentido o que dizes quanto não faz mal ser 250km se tiveres um pib de 300km :crazy:

    Estamos a falar de Portugal, o PIB em 2016 foi de 184.000.000.000€, a divida 250.000.000.000€

    Para mim a economia resume-se às contas da propria casa, se eu ganhar 30.000€ por ano, é o meu PIB, não posso gastar todos os anos 45.000€ :crazy:

    Os meu filhos (o povo) fazem greve por roupa de marca cara, por sapatos mais caros porque está na moda, e eu vou continuar a gastar os 45.000€ por ano para satisfazer o direito de reclamar dos meus filhos.. impossível, há limites.

    E outra coisa Zardillac, o PIB não nos diz nada porque o que interessa é que tens um País sempre em défice, logo, nunca sobra dinheiro para amortizar a divida total :)
    .
    :grumble: Guia Como jogar Máfia:
    1º e Único artigo: Se me enforcarem a aldeia perde, se levar tiro a máfia perde.

    Natural dos Açores - visitazores.com/pt
  • Sim, estamos falidos. A SS vai abaixo muitos antes do que se pensa.
    O problema é que cada vez mais temos um gap económico. Já não há a dita "classe média". Temos pobres e ricos. That's all. Portanto se não és rico, guess what? ;)

    Ainda no outro dia disse que a minha definição de luxo era viver sem prestações. Há quem ache que ter dinheiro para pagar as prestações e sobrar qq coisa para comer já é bom. Isto é pobreza.
    Claro que se compararmos com quem não tem nada, até nos sentimos bem. Ao fim ao cabo temos um tecto, roupa, comida e até internet. Mas isso não significa que estejamos bem, longe disso.
    E se é verdade que o poder local nada faz para contrariar esta situação, também é verdade que a maior parte (excluo os grandes centros) não fazem mais porque não podem.
    E também há muita oferta que não é aceite porque as pessoas não querem sair das grandes cidades.

    Sabiam que em Vila de Rei (centro de Portugal) o metro cúbico dos terrenos para empresas é de 0,02€?
    E que a autarquia paga o infantário aos pais que trabalhem no concelho?
    E que os livros escolares (TODOS) são oferecidos até ao 12º?
    E que há incentivos efectivos à natalidade?
    E que há oferta laboral?
    E que estão há meses a tentar contratar médicos e enfermeiros? (que ainda têm mais incentivos para irem para lá)

    Mas o pessoal opta por estar nas cidades e dizer que não há emprego. Isto é só um exemplo.
    Outro exemplo é o facto de um presidiário receber mais que um idoso. Mudem as coisas: ponham os idosos nas cadeias, que é da forma que se garante que eles recebem 3 refeições por dia, medicação, apoio médico e uma cama.
    Ponham os presos a limpar a floresta ou a trabalhar os campos ;)

    CdS: More than a place, a way of life!
    Dupla personalidade do Homem do Talho
    Máfia - Os Chouriços
  • Zardilac wrote:

    @Merci podes ter uma dívida de 250KM se tiveres um PIB de 300 KM...

    Estava-me mais a referir a esta frase.

    E sim enquanto existir défice, nunca irá amortizar na divida. além disso o PIB é um indicador do total produzido, não é dinheiro real existente nos cofres do estado, por isso acho ridiculo o argumento que os politicos usam tipo

    "devemos só +- 140% do PIb"

    Isto para mim não faz muito sentido, nenhum, é como eu dizer que ganho 1.000€ e todos os meses gasto 1400€ e nao faz mal nenhum :crazy:

    Já o sócrates dizia "as dividas nao sao para se pagar"

    Gostava de dizer o mesmo com algumas que tenho, tipo crédito habitação, era fixe não pagar e ficar com a casa :crazy:

    @Peste_Negra gostei do teu comentário acima, muito real, e demonstra mesmo o país real.
    .
    :grumble: Guia Como jogar Máfia:
    1º e Único artigo: Se me enforcarem a aldeia perde, se levar tiro a máfia perde.

    Natural dos Açores - visitazores.com/pt
  • @Peste_Negra mas isso não é um mal económico é um mal cultural.

    é difícil contrariar anos de ensinamento em que dissemos à população, o pais é Lisboa, aqui é que há dinheiro trabalho oportunidades, o resto do pais são sobras e o interior é floresta abandonada

    Anos em que vendemos a ideia de que um curso superior é garantia de sucesso emprego e riqueza e que criamos vagas e cursos para todos, e que criamos o estigma social que se não tens um canudo és um inculto e analfabeto

    anos em que não investimos 1€ em infraestruturas no interior mas investimos em 3 autoestradas Porto-Lisboa, deixamos cair a nossa rede ferroviária por apenas uma linha litoral

    e juntando a estes estigmas todos, após a revolução de abril vendeste a alma ao diabo, que para não caires num estado comunista aliciaste o povo com promessas sociais que nunca irias conseguir sustentar, e habituaste mal a malta, que vive feliz sabendo que temos um pais com subsídios para todos os gostos e estações.

    O nosso problema é que já não há lideres (ou nos não os pomos la...) com a qualidade dos que são descritos nos Lusíadas ou por Fernando Pessoa, não temos visão futura, vivemos no dia a dia, não tens ninguém cujo grande objetivo seja ficar com o seu nome para a historia por todos os bons motivos... Temo pela falta de heróis para serem bradados nos seculos futuros

    EDIT: @Merci mais uma vez 100% de acordo com o que eu disse, claro que o PIB não é dinheiro nos cofres do estado mas é um bom indicador dado que esse PIB paga impostos logo quanto maior mais dinheiro o estado tem...

    A dívida existe sempre, alias é a pedra basilar do sistema capitalista... a dívida deve ser gerida e é uma ferramenta financeira, não deve ser usada como extintor financeiro... não me vou alongar 100% de acordo contigo
  • Acho absurdo que Leiria (capital de Distrito!!) não tenha uma linha ferroviária decente.
    Mas claro que era mais importante investir milhões no alfa que ninguém pode pagar e que só tira uns minutos ao IC devido ao estado das linhas XDDD

    Mas sim, @Zardilac é um problema cultural. Há tanta oferta BOA no interior... Actualmente pessoal de medicina tem bónus e casa se quiser ir para o interior... E mesmo assim há falta de médicos de família e de médicos nos hospitais no interior.
    É o flagelo dos centros urbanos.

    Mas eu mudei para o "interior" há uns anos e a qualidade de vida (assim que reduzi o ritmo :D) não se compara. Poder ir a pé para o trabalho, passear sem medos, saber o que estou a comer porque compro a produtores... Isto não se paga.

    CdS: More than a place, a way of life!
    Dupla personalidade do Homem do Talho
    Máfia - Os Chouriços
  • lol falas de Leiria mas eu vivi muitos anos em Viseu...

    Eu confesso que estou seriamente a pensar mudar-me para o interior, mas a ir tenho que ir com um projeto meu, não quero trabalhar para outra pessoa.

    É uma vida de cão, acordar as 6:00 trabalhar até as 19:00, 1hora de transito chegar a casa as 20:00, esperar pela Sr.ª Zardilac que chega sempre mais tarde e fazer o jantar, ver 30 min de TV e adormecer pk tamos exaustos, para ir para a cama e repetir...

    Pa tu veres eu trabalho a 150 Km da Sr.ª Zardilac, vivemos no Porto pk é o centro entre cada um dos nossos trabalhos xD ela 70Km pa Sul eu 70 Km pa Norte, e viva a GALP que me leva o ordenado todo
  • O @Eskrupulus veio mandar uma boquinha para mim, amigo, preciso meter em todos os meus posts "Concordo" ?

    Se a minha opinião já é concordante com o Zardillac não preciso meter titulo ou legendas, há quem precise mas acho que não é o teu caso :crazy:
    .
    :grumble: Guia Como jogar Máfia:
    1º e Único artigo: Se me enforcarem a aldeia perde, se levar tiro a máfia perde.

    Natural dos Açores - visitazores.com/pt
  • Eskrupulus wrote:

    estas de castigo, não falo nem escrevo contigo...quando te vir sorrir eu falo contigo

    A sensibilidade de algumas pessoas neste forum é estonteante :crazy:

    Tal e qual como fico com a quantidade de impostos que tenho de pagar. :cookie:
    .
    :grumble: Guia Como jogar Máfia:
    1º e Único artigo: Se me enforcarem a aldeia perde, se levar tiro a máfia perde.

    Natural dos Açores - visitazores.com/pt