inteligência artificial

    This site uses cookies. By continuing to browse this site, you are agreeing to our Cookie Policy.

    • inteligência artificial

      Stephen Hawking. Alerta para os riscos da inteligência artificial e que nos próximos anos os computadores vão "simular a inteligência humana". E superá-la.
      Para o bem e para o mal



      O mundo não é cão, é dos lobos
      Quanto mais criticamos menos jogamos.

      Universo Antares - loboazul
      Reiniciar
    • Eu sinto-me o «escolhido» em qualquer futura profecia de um futuro armagedon man vs machine.

      E como tal sou 100% a favor que se desenvolva a IA enquanto eu estou disponível para ser o herói

      Mas espero que a gaja que me calhe na rifa para ser a minha musa seja melhor que a que calhou ao Neo no Matrix, não gosto de moças com cabelo curto e aquele cabedal todo faz me comichão, sou mais gajo do algodão
    • O Homem só cria coisas que o destrói cada vez mais.

      O ser humano é por natureza assim, a evolução da espécie vai culminar na extinção da espécie.

      Eu acredito que a IA é a derradeira forma do homem salvar o Planeta, extinguindo a humanidade dando lugar a máquinas super-eficientes, autónomas, e capazes de co-habitar de fora sustentável sem esgotar os recursos naturais da Terra.

      É o futuro. A humanidade caminha para a auto-extinção, e a IA será o nosso legado.
      .

      :grumble: Guia Como jogar Máfia:
      1º e Único artigo: Se me enforcarem a aldeia perde, se levar tiro a máfia perde.

      Natural dos Açores - visitazores.com/pt

      Ex - Mineiro Ogame.pt
      Nunca fiz parte da equipa com orgulho!
    • Eu aceito qualquer coisa que me retire trabalho e aumente qualidade de vida.
      O Drum já jogou e joga fixe. Lembro-me duma edição que ele e o @AvenginDemon fizeram todo o mundo entrar em colapso mental de tal forma deram a volta à malta. - Compal_Frutologia quando perguntado sobre o melhor jogador de máfia.
    • euforbo wrote:

      IA não é necessariamente ruim. O Google ainda não tentou me destruir e provavelmente mais inteligente do que eu.
      mas já regista tudo o que fazes, as tuas preferências
      a inteligência artificial vai ser a ruína das mulheres e dos homens
      os/as robôs vão incluir modo silencio
      varias actualizações
      parceiro ideal
      à distância de um clique
      :thumbsup: :thumbsup: :thumbsup: :thumbsup:

      Além de dormir, a inteligência artificial do Google também vai aprender a imaginar.

      O mundo não é cão, é dos lobos
      Quanto mais criticamos menos jogamos.

      Universo Antares - loboazul
      Reiniciar
    • Zardilac wrote:

      Eu sinto-me o «escolhido» em qualquer futura profecia de um futuro armagedon man vs machine.

      E como tal sou 100% a favor que se desenvolva a IA enquanto eu estou disponível para ser o herói

      Mas espero que a gaja que me calhe na rifa para ser a minha musa seja melhor que a que calhou ao Neo no Matrix, não gosto de moças com cabelo curto e aquele cabedal todo faz me comichão, sou mais gajo do algodão

      Display Spoiler
      Principalmente se for para chegar ao fim cego e com a gaja morta
    • MSpyker wrote:

      Desde que o meu namorado precise de mim por achar que eu sou o tal e melhor para o acto do que a máquina, sou feliz né @Peste_Negra ?
      Nem mais, babe, nem mais :D

      É o mesmo que o pessoal que diz que sabe cozinhar... com a Bimby ou outra do género. Cozinhar não é com máquinas que fazem tudo por nós.
      Claro que vejo as vantagens e auxílios de certas máquinas mas temos de saber quando parar, gente... As máquinas, da forma em que estão a ser pensadas, vão substituir interacção humana, ainda mais do que já fazem.
      Mas o curioso é ver que quem aplaude este "avanço tecnológico" são os mesmos que vão para a rua manifestar-se sempre que uma fábrica se moderniza e deixa de necessitar de dezenas de funcionários. Atenção que isto é em resposta a uma notícia que li e não a nada que tenha sido dito aqui.

      Evolução sim mas sempre tendo em conta do valor e necessidade do Homem.

      E sim, @Merci, o ser humano é a pior coisa que pode haver para a saúde do planeta neste momento. Recordo, já que se fala do matrix, a frase que o Agent Smith diz sobre o Homem não ser um mamífero mas sim um vírus, que se desloca de zona em zona e se reproduz até esgotar todos os recursos saudáveis.

      CdS: More than a place, a way of life!
      Dupla personalidade do Homem do Talho
      Máfia - Os Chouriços
    • O ser humano é um produto da evolução dos seres vivos neste planeta. Nos não somos uma espécie invasora, somos uma espécie evolutiva cuja maior vantagem é a nossa extrema adaptação a qualquer ambiente.

      Para nos adaptarmos a qualquer ambiente fizemos o que todas as espécies animais e vegetais fizeram, ganhamos características físicas que nos permitiram solucionar os problemas que encontramos, enquanto que a grande maioria das outras espécies adquiriram características físicas como serem maiores ou menores, terem mais ou menos pelo etc. a nossa grande evolução foi a nível de inteligência, o que se prova ser a evolução mais eficaz para uma maior expansão da espécie.

      Tal como todas as outras, o nosso objetivo é a continuidade da espécie, e a melhor forma que encontramos de o fazer, foi expandirmos nos pelo máximo território possível usando a nossa inteligência, que e a nossa arma evolutiva, para o fazer. A diferença é que nos fruto de sermos inteligentes conseguimos adaptarmos nos extremamente rápido a qualquer cenário, ao passo que outras espécies precisam de varias gerações para se conseguirem adaptar e há algumas que não o conseguem

      Isto tudo para dizer que nos como produto da natureza, não somos invasores, somos o culminar actual da evolução, o que não quer dizer que possamos evoluir mais..., na natureza isto acontece frequentemente, uma espécie que por via de um salto evolutivo mais eficaz que o de outras, pode acabar frequentemente por dizimar outras espécie, no nosso caso a questão está em que visto estarmos tão espalhados o nosso impacto e as espécies que afetamos é enorme.

      E porque é que nos temos a necessidade de destruir o que nos rodeia? não temos propriamente essa necessidade, mas o principio básico é o mesmo para outros animais, queremos garantir a existência e sobrevivência da nossa prol, e como outros animais defendemos a nossa tribo contra invasores e procuramos sempre os melhores locais para nos fundearmos, o que envolver as vezes eliminar a concorrência.

      Se compararmos a nível fundamental o comportamento humano com o animal, pouco difere, o que difere é a dimensão das consequências e a capacidade que temos para levar esses comportamentos a avante,
    • no nosso melhor como no nosso pior
      o que nos torna únicos
      ser humano é um universo de opções num único lugar
      da nossa imperfeição criamos algo perfeito
      somos todos lobos disfarçados de cordeiros nesta sociedade
      prescrita de valores

      :thumbsup: :thumbsup: :thumbsup: :thumbsup:

      quando os robos se tornarem como os humanos
      não terão valor
      eles têm que ser o espelho da nossa perfeição

      O mundo não é cão, é dos lobos
      Quanto mais criticamos menos jogamos.

      Universo Antares - loboazul
      Reiniciar
    • A minha opinião sobre IA pode ser totalmente errada ou totalmente certa, sou um leigo no assunto, e já vi imensos filmes onde tentam recriar um futuro sombrio à custa da IA.

      O ser humano nunca irá desistir de pesquisar, desenvolver o que quer que seja, sem olhar a meios, fins, e perigos.

      Primeiro inventa-se depois vê-se como se trata do assunto, nisso nós Portugueses somos um óptimo exemplo do que é ser humano, primeiro faz-se sem ler as instruções, depois desenrasca-se, é mais ou menos isto.

      Nem tudo será bom, nem tudo será mau, por exemplo, se não fosse a capacidade humana, de pesquisar, e inventar, não teriamos os grandes avanços na área da medicina, ciência e tecnologia. Aqui temos um bom exemplo da grande utilidade de todas as descobertas até hoje.

      Por outro lado, o ser humano é insatisfeito, e ganancioso, o capitalismo levou a que se inventasse uma série de coisas para gerar mais dinheiro, a população mundial está quase cheia de produtos que consome à custa de químicos, quando vamos todos contentes ao mercado comprar fruta bonita e reluzante, estamos a comprar comida saudável? sim é saudável comer maçãs, caso elas não estivessem cheias de químicos, os legumes, e tudo o mais, as carnes de animais alimentados com ração á base de compostos também cheios de químicos. (Não esquecendo o leite das vacas felizes dos Açores alimentadas com rações cheias de quimicos)

      Cria-se aqui um ciclo de consumo que prejudica gravemente as pessoas, mais pessoas doentes, mais doenças, surtos e epidemias.

      Ao que recorremos para combater isto? À ciência e tecnologia.

      Será possível daqui a 100 anos ter o problema dos médicos inexistentes em aldeias? Por exemplo um robô com um software em clinica geral, capaz de medir os sinais vitais de uma pessoa, analisar os seus sintomas, e prescrever uma solução de tratamento? Isto parece-me algo tão simples de conseguir em poucos anos, nem será preciso 100 anos digo eu.

      Acho que se criou o "medo" da palavra "IA" porque os filmes de fantasia assim nos trazem histórias, atenção que não serão totalmente algo inatingível no futuro.

      Agora termos uma IA capaz de dizimar uma espécie como a humana, com máquinas controladas por máquinas para nos matar, será possível?!

      Eu não tenho medo da IA, acho que teremos imensa utilidade na sua invenção cada vez mais melhorada, e se a usarmos em nosso proveito.

      Existe um grave problema, que é termos países com grandes arsenais nucleares e se um dia deixarem tudo na mão da "máquina" aqui sim a máquina pode fazer asneira e vamos todos pelos ares mais cedinho.

      O problema maior da humanidade é querer descobrir o que não conhece, e esquecer de resolver os problemas que vem criando ao longo da sua existência, ainda mais todo o problema que tem sido criado desde os últimos 100 anos atrás, por exemplo, cada ano que passa sentimos pequenos efeitos das alterações climáticas, um pequeno efeito a cada ano, daqui a 100 anos, foram criados 100x esse pequeno efeito, e ninguém actualmente consegue prever onde estaremos daqui a 100 anos.

      Os programas de exploração espacial, são talvez os maiores avanços da ciência, tecnologia e consequente IA, mas mais uma vez já estamos a procurar descobrir o desconhecido, sem resolver os problemas que são criados a cada dia que passa.
      .

      :grumble: Guia Como jogar Máfia:
      1º e Único artigo: Se me enforcarem a aldeia perde, se levar tiro a máfia perde.

      Natural dos Açores - visitazores.com/pt

      Ex - Mineiro Ogame.pt
      Nunca fiz parte da equipa com orgulho!
    • Um bom ponto de vista @Merci
      Mas os robos serão os Iphones no futuro
      O normal cidadão não será abrangido por essa nova tecnologia
      E se for vai ser obsoleta

      Como dizes um jogo capitalista
      Nada mais, nada menos

      Existe cura para tudo
      Guardam a cura e não a distribuem por €€€€€€€
      Não acredito que no futuro o monopólio mude

      Mas que eu esteja errado e que nas próximas gerações

      Mudem isso

      :D

      O mundo não é cão, é dos lobos
      Quanto mais criticamos menos jogamos.

      Universo Antares - loboazul
      Reiniciar
    • Não percebo o porque de tanta celeuma com a IA...

      1 - Vão tirar-nos os empregos:

      Já o fizeram à muito tempo, tudo o que são atividades de manufatura, na sua grande generalidade já foram substituídas por Robots, basta ver qualquer fábrica, em que as linhas de produção e montagem pouco ou nada precisam de mão humana, quantos empregos se perderam? milhões, e ainda ca estamos para contar a historia.

      No futuro cada vez mais atividades vao ser eliminadas pelos robots, e atividades que hoje são limitadas a maquinas, como aquelas que requerem arte e adaptação, isto é não são standardizadas, nessas o nosso cérebro continua a ser o que precisamos e ai e que a IA pode entrar, mas não sera diferente do que se viveu a primeira fase que descrevi.

      eventualmente não existiram atividades que tenhamos que ser «nos» a desempenhar, e então a raça humana pode dedicar-se ao lazer. isto traz 2 enormes problemas.

      1 - energia, onde vamos nos arranjar energia para alimentar todo este aparato de maquinas? terá forçosamente que ser energia renovável e vou dizer que terá que vir do sol sem qualquer duvida, existem muitos projetos interessantes, mas estamos ainda longe da eficiência necessária, não so no que toca a produção, mas ao armazenamento, consumo e logística toda associada.

      2 - Paradigma Social, nos vivemos num mundo em que para fazermos parte da sociedade temos que trabalhar em prol da mesma, onde nos e pago um ordenado para que possamos gozar do nosso contributo. Se não existir necessidade de trabalhar não existe forma de avaliar as contribuições, no modelo atual, e teremos que nos ajustar socialmente a essa nova realidade, um dos problemas que temos é a nossa natalidade, uma raça humana em constante crescimento ira consumir mais recursos do que aqueles que o nosso planeta sera capaz de produzir, como tal vamos chegar a um ponto em que existiram limitações severas à natalidade, mas isso ira contra o principio básico da raça.

      2 - Os robots vao matar-nos

      Tal como tantos outros exemplos de raças mais evoluídas que levaram os seus parceiros menos evoluídos à extinção, creio que este é um risco real, mas será a evolução natural das coisas, eu vou fazer uma pergunta que penso ser pertinente, em que ira diferir um robot completamente ciente e consciente de nos?, vao responder, ah é feito de metal e não de carne, eu respondo, que o nosso corpo é um material como outro qualquer, somos apenas resultado de anos de evolução para produzir um material de excelência, mas e se amanha os robôs conseguirem produzir corpos orgânicos serão seres vivos? serão o próximo passo da evolução?

      Não creio honestamente que o robot futuro mate descaradamente a raça humana, apenas vamos ficar desatualizados e iremos acabar por desaparecer lentamente, visto que estaremos menos adaptados e evoluídos para o futuro.
    • Vai existir várias evoluções de inteligência artificial, autónomas, tipo os robôs dos filmes, mas daí até se tornar num domínio global por parte desses seres autónomos e inteligentes vai existir uma grande distância.

      Creio até que a humanidade irá esgotar-se por esgotar o planeta antes que isso aconteça.

      E isso vai ser feito de forma mais ou menos indirecta, as alterações climáticas estão à nossa porta, a natureza vai mudar e despachar isto tudo para depois se renovar como tem feito ao longo de milhões de anos.

      Mas seria uma visão romântica pensarmos que após a nossa extinção, que criámos algo que perdure sobre estas transformações, no fundo o nosso legado para uma nova espécie que seja inteligente como nós fomos e que nos reconheça de alguma forma positiva, se bem que irão descobrir que demos cabo disto tudo.
      .

      :grumble: Guia Como jogar Máfia:
      1º e Único artigo: Se me enforcarem a aldeia perde, se levar tiro a máfia perde.

      Natural dos Açores - visitazores.com/pt

      Ex - Mineiro Ogame.pt
      Nunca fiz parte da equipa com orgulho!